Mensagens

A mostrar mensagens de Agosto, 2010

Palavras

Imagem
Nunca te falarei do abismo que se insiste em meter debaixo dos meus pés.
Nunca te direi quem sou. Inventa-me tu. Diz-me tu quem sou eu. Não te vou dizer que preciso de ti... para ser eu.
Não te direi nunca que no meu peito trago o botão de rosa que os teus lábios fazem desabrochar. Não te vou revelar que, à despedida, desejo secretamente que o teu cheiro se entranhe na minha pele e me envolva até ao teu regresso. Anda menino, vamos juntos ouvir as canções do Mundo… deixar as almas gritarem e fundirem-se numa só! Não temas a dor que se verte na tua cara, engolir-te-ei as lágrimas para que não sofras.
Por isso, não te percas já.
Não desistas já.
Ainda não te amei o suficiente.
E não sei se algum dia amarei…
Não me interessa o que te trouxe, nem os pecados dessa tua outra vida, da que tiveste antes de mim. Reinventa-te comigo.
Nasce comigo. Guardarei o teu olhar na certeza de que tenho o teu coração. Irei saber de cor cada pedacinho do teu corpo e respeitá-lo-ei como se fosse meu! E irei guardar os teu…