O Rio














Era uma vez uma grande vila, e uma casa muito bonita á entrada daquele grande paraíso que era o rio naquela altura... o rio... com a voz de criança.
Uma casa bonita... porém um lar desfeito.
...o rio grita, com voz infantil.
Famílias juntas fisicamente... outras separadas pelas voltas da vida.
Os machados? Esses são agarrados pelos escravos... sim, porque as gravatas são engordadas pelos Senhores.
...o rio chora.
Pessoas de rosto limpo e jovem são constantemente reconhecidas na rua. Pessoas de rosto triste de olhar rugoso já envelhecido pela vida são olhados com desdém...”afasta-te filho! Que o Homem é um gatuno!”, porém são os mais felizes!
Isto, claro, depende do que se entende por felicidade...
...o rio sorri baixinho. Sorriso inocente...
Tentar viver a vida que não se tem é morrer sem dar por isso. Vergonha? Sim, sim claro, estou de acordo!Vergonha de vocês próprios! E medo? Medo de que? Já no fim da vida ao olhar para trás, ao ver tudo o que se perdeu a troco de uma ilusão sem nome, irão perguntar :
Medo de que? De mim? da morte? Ou da vida não vivida?
Vamos viver!
Vamos ser felizes!
Vamos ficar felizes com a felicidade dos outros!
Para no fim acolhermos a morte como uma velha amiga.
Era uma vez um rio que corria devagarinho... rumo à felicidade.
Rita Oliveira
06-02-2008

Comentários

Vanessa disse…
olha eu n sei muito bem o que hei.de dizer....
Ao meu parecer este texto remete o que muita gente possa sentir...
"Uma casa bonita... porém um lar desfeito." muitas pessoas vivem assim no dia dia por vezes o que lhes vale são os amigos que estão lá para os apoiar, não para se meterem nas suas vidas, mas sim por se sentirem bem consigo mesmos por tarem a ajudar alguem que adoram... pelo menos no meu caso.


Ninguem é obrigado a viver assim!!!!
MARINA TC disse…
Bem..Olha priminha nao sei o que dizer...Onde foste sacar isto pah??xD na brinca!! ta brutal meennss!!
pois realmente um lar pode ser muito bonito por fora mas la se sabe o que vai la dentro...e tu sabes do que falo...mas é o que eu digo..CALMA a cima de tudo! tranquilidade...e como diz a tua amiga vanessa...os amigos estao la para apoiar..e é verdade...nós hoje em dia sem amigos nao somos ninguem..por isso devemos valoriza.los e alem de tudo sermos tambem amigos deles!!!;D;D
ora aqui esta uma grande escritora(TU)..e EU aqui com as minhas liçoes de moral..xD PRIMAS e basta..isto é só qualidades de familia..!!!! :D:D
Quem sabe um dia nao te tornes mesmo uma escritora bem famosa..devias pensar nisso...:D:D e eu, uma poeta oh la como se diz isso!!! xD como o meu TOININHO é!!! LOL
beijinhos*
MS disse…
Eu não tenho o mínimo jeito para comentar, mas a tua ideia louca de fazer este blog, cm a minha ajuda, fez-me perceber muita coisa...
Era uma vez duas miúdas, uma que era altamente e outra que não percebia o que ela era.
Era uma vez, uma rapariga bonita e que gostava de ajudar, uma que não percebia nada de nada.
Era uma vez, duas gajas (lol), uma que ajudava a outra, e outra que dizia disparates e não compreendia a outra...

Uma menina hoje é feliz (dentro dos possíveis)
Outra, que se quer perdoar, não sabe como nem se o fez por completo.
Enquanto, uma está na maior, outra esta a tentar explicar...

Estas meninas somos nos...
Foste a pessoa com quem mais cometeu erros, mas foste também a pessoa que me fez ver varias coisas, dando lições e que hoje eu considero, sem duvida, uma amiga de peito cheio, sabes... não da para explicar porque eu não sou boa nisso e tudo o que disser só a ti o diz respeito... a sério... Adoro-te e desculpa (mais uma vez), tudo mesmo.

Desculpa fui mesmo parva contigo, infantil, sim… eu sei, agora!
Disse coisas que nunca queria ter dito, mas agora digo-te o que sempre te quis dizer:
És mesmo importante adoro-te!

Sabes que eu cometi erros, graças a Deus ou melhor a ti, fizeste-me ver a razão!
Adoro-te!

Beijinhos Ritinha xD

Mensagens populares deste blogue

AEMINIUM

Artes Plásticas

Troca-me isso por imagens