Grito



Hoje queria falar...
Hoje, decidi que não me vou esconder atrás de metáforas, vou despir-me das palavras.
Hoje, não me vou preocupar se transponho demasiado de mim nas linhas que se seguem…
Hoje decidi ser honesta comigo própria e vou esquecer o vento Poético que quis ter sempre comigo.
Hoje não quero mais deixar que aquele muro de Silêncio continue a sufocar-me e me afaste do Mundo que eu não consigo alcançar.
Hoje, quero deixar de morder os lábios e usar todas as minhas forças para não deixar cair as lágrimas.
Hoje não vou lutar contra mim.
Hoje, vou dar voz ao meu corpo e não vou ser engolida por aquilo que já passou mas que insiste em estar presente.
Hoje, recuso-me a tapar os ouvidos para abafar os gritos e as vozes.
Hoje vou encara-las e olha-las nos olhos…
Hoje vou reagir!
Hoje, quero que deixe de ser monótono chorar até os olhos incharem e a pele me arder.
Hoje, deixei de me culpar pelas minhas feridas e pelos danos que as atitudes dos outros provocaram e mim.
Ontem, não sabia, mas hoje sei que tudo vem e tudo vai.
Hoje sei que há pessoas que entram e depois têm de sair.
Hoje também sei que tudo acontece por alguma razão e que nada é em vão.
E por isso…
… hoje, perdoei a vida por me ter magoado tanto e tantas vezes…
… hoje, descobri que a minha história pode ter um rumo mais feliz… e quero dar-lhe esse rumo.
… hoje olhei para trás e vi toda a minha vergonha, tudo aquilo que me fez sentir desrespeitada durante tanto tempo e que me fez construir aquela muralha de Silêncio, que me prendeu no meu Mundo e que foi crescendo comigo e com o tempo, fazendo com que a minha cabeça se perdesse entre as memórias…
…entre os segredos…
…entre a escuridão…
…entre os “porquês”.
Hoje, sei que podia ter falado, porém, não falei e arrependo-me de não ter lutado contra a vergonha e contra o medo.
Hoje sei que o que sei é pouco…
… mas é o suficiente para ter percebido que a minha história pode ter um “fim alternativo”, que tenho o direito de ser eu a escreve-la…
… e não vou deixar que mais ninguém me impeça de o fazer.

Hoje… trago a alma Livre!

Era isto que lhe queria ter dito...

Rita Oliveira
21/12/2009

Comentários

PÊ* Z. disse…
A vida, e injusta Por isso criaram a amizade para corrigir esse erro, criaram os amigos para Dar sentido a amizade, criaram as pessoas para serem amigos, mas o melhor de tudo e que me criaram para ter uma amiga tão especial como tu =)

Se tiver k disser isto, eu Digo!

ADORO-TE =)

Mensagens populares deste blogue

AEMINIUM

O sonho

Ao Café