Mensagens

A mostrar mensagens de Setembro, 2009

Retrato (o apelo)

Imagem
Nunca o espelho lhe mostrara tal imagem





Ela sai todos os dias de casa, com o brilho de quem procura a plenitude. Uma pessoa normal, mas nem por isso banal, caminha rápido, fizeram-lhe os passos firmes e apertados, embora quem contempla-se a obra-prima com atenção percebe-se que estava longe de ser segura de si. Na cara, tinha ainda os olhos cansados e esse era o maior erro do artista, ainda tentaram mudar-lhes a cor uma vez, mas viram a tentativa inútil quando perceberam que não havia tinta, verniz e pincel que os fizesse brilhar… tinha um sorriso nos lábios, sorriso esse que lhe fora desenhado por alguém que achara que sorrir era uma necessidade urgente, a Salvação e tendo uma visão meio romântica da vida, Ela acreditava profundamente que quem lhe desenhara o sorriso o fez com amor.
A sua pele foi pintada de uma cor meio clara, meio escura, e quem a pintou sabia que o ideal era o transparente.
As mãos, que outrora foram calejadas, secas, ásperas, velhas e inchadas são agora pequeninas, …