Mensagens

A mostrar mensagens de Agosto, 2011

Ao Espelho

Imagem
A pobre criança, que canta e brinca na rua,
julga-se de mãos dadas com o Mundo, mas desconhece, coitada, que é o Mundo que a traz pela mão. E é impossível prender-te a alma, que trazes livre entre choros e gargalhadas, alheia às maldades e às vergonhas. Ah, criança, que essa alma solta nem a ti te pertence, E poder ser tu, saindo de mim... Partilhar dessa santa vida ingénua que outrora foi minha também, Com o corpo cheio de tudo, e de nada. Talvez sim, talvez não, Que todo o sonho ingénuo tem doloroso despertar. E na mão da tua essência, criança, trazes o espelho onde se esconde toda a realidade. Acautela-te e dele não te separes. Esse sonho de vida foi, outrora, meu... perdi-me na brisa dos sorrisos e nos intervalos da dor! Foge, ó criança, foge para onde vai o tempo, e a idade. Que quando me debrucei sobre o espelho que a minha alma arrastava, Não me reconheci...




Rita Oliveira 15 de Agosto de 2011